Termos & Condições

Por favor, leia e aceite os termos e condições para aceder ao site

As presentes Condições Gerais destinam-se, a regular os termos e as condições por que se regerá a prestação do Blog identificado como www.monicanvicente.com. O Blog consiste na disponibilização, através do endereço www.monicanvicente.com de acesso a conteúdos, além de permitir ao Utilizador, por via electrónica, se inscrever em Newsletters/Dicas/Artigos/Ofertas/Produtos/Apresentação de Oportunidades de Negócio/ Treino nela divulgados, nos termos e condições aqui descritos. O www.monicanvicente.com respeita a privacidade individual e valoriza a confiança dos seus utilizadores, clientes e parceiros. Como tal, estamos empenhados em proteger a informação pessoal que venha a partilhar connosco. Esta página descreve como fazemos uso dessa informação.
  1. Recepção de dados e Política de Privacidade:
Ao ceder-nos a sua informação pessoal, voluntariamente, ela apenas será acedida pelos nossos serviços. É considerado informação pessoal tudo o que possa ser usado para identificar um utilizador como, por exemplo, nome, endereço electrónico, título, data de nascimento, género, profissão, interesses pessoais ou demais dados necessários para que possamos prestar o serviço solicitado ou até melhorar o funcionamento do Site. Os dados fornecidos não serão transferidos para terceiros sem o seu consentimento prévio, mas podem ser usados dentro do para prestação de serviços e comunicação com o Utilizador. O www.monicanvicente.com possui os adequados níveis de segurança, contudo o www.monicanvicente.com não será responsável por quaisquer prejuízos sofridos pelo Utilizador e/ou por terceiros, em virtude de atrasos, interrupções, erros e suspensões de comunicações que tenham origem em fatores fora do seu controlo, nomeadamente, quaisquer deficiências ou falhas provocadas pela rede de comunicações ou serviços de comunicações prestados por terceiros, pelo sistema informático, pelos modems, pelo software de ligação ou eventuais vírus informáticos ou decorrentes do descarregamento (“download”) através do serviço de ficheiros infectados ou contendo vírus ou outras propriedades que possam afectar o equipamento do Utilizador. Se por algum motivo de erro de acesso ao sítio electrónico do www.monicanvicente.com houver impossibilidade de prestação de serviço, o www.monicanvicente.com não será responsável por eventuais prejuízos. As consultas de dados e informação efectuadas no âmbito deste Blog, presumem-se efectuadas pelo Utilizador, declinando ao www.monicanvicente.com qualquer responsabilidade decorrente a utilização abusiva ou fraudulenta das informações obtidas. Os dados pessoais do Utilizador serão processados e armazenados informaticamente e destinam-se a ser utilizados pelo www.monicanvicente.com no âmbito da relação contratual e/ou comercial com o Utilizador. Nos termos da legislação aplicável, é garantido ao Utilizador, sem encargos adicionais:
  1. a) o direito de acesso, rectificação e actualização dos seus dados pessoais, directamente ou mediante pedido por email,
  2. b) o direito de oposição à utilização dos mesmos para as finalidades previstas no número anterior,
  3. c) o direito de esquecimento que leva à eliminação dos seus dados pessoais recolhidos,
  4. d) o direito à portabilidade das suas informações para que possam ser transmitidas para outra entidade.
Devendo para o efeito contactar a entidade responsável pelo tratamento dos dados pessoais através do endereço info@monicanvicente.com, ou utilizar as opções disponíveis no menu lateral da página RGPD.
  1. Obrigações do Consumidor:
O utilizador compromete-se a:
  1. i) Facultar dados pessoais e moradas corretas;
  2. ii) Não utilizar identidades falsas;
Caso algum dos dados esteja incorrecto ou seja insuficiente, e por esse motivo haja um atraso ou impossibilidade no processamento da inscrição, ou eventual não entrega, a responsabilidade é do Utilizador, sendo que o www.monicanvicente.com declina qualquer responsabilidade. No caso de o consumidor violar alguma destas obrigações, o www.monicanvicente.com reserva-se no directo de eliminar futuras inscrições, bloquear o acesso ao blog, cancelar o fornecimento de quaisquer outros serviços/produtos disponibilizados em simultâneo pelo www.monicanvicente.com ao mesmo Utilizador; e, ainda, não permitir o acesso futuro do Utilizador a algum ou quaisquer produtos/serviços disponibilizados pelo www.monicanvicente.com. É expressamente vedada a utilização dos produtos e serviços adquiridos para fins comerciais, designadamente para efeitos de revenda.
  1. Propriedade Intelectual:
O Blog é um site registado e o Serviço prestado pelo próprio site é da responsabilidade do www.monicanvicente.com. O Utilizador reconhece que o Serviço contém informação confidencial e está protegido pelos direitos de autor e conexos, propriedade intelectual e demais legislação aplicável. O Utilizador reconhece que qualquer conteúdo que conste na publicidade, destaque, promoção ou menção de qualquer patrocinador ou anunciante está protegido pelas leis relativas a direitos de autor e direitos conexos, pelas leis relativas a propriedade intelectual e outras leis de protecção de propriedade, pelo que qualquer utilização desses conteúdos apenas poderá ocorrer ao abrigo de autorização expressa dos respectivos titulares. O Utilizador compromete-se a respeitar na íntegra os direitos a que se refere o número anterior, designadamente abstendo-se de praticar quaisquer actos que possam violar a lei ou os referidos direitos, tais como a reprodução, a comercialização, a transmissão ou a colocação à disposição do público desses conteúdos ou quaisquer outros actos não autorizados que tenham por objecto os mesmos conteúdos.
  1. Condições de Segurança:
O Utilizador compromete-se a observar todas as disposições legais aplicáveis, nomeadamente, a não praticar ou a fomentar a prática de actos ilícitos ou ofensivos dos bons costumes, tais como o envio indiscriminado de comunicações não solicitadas (spamming) em violação do disposto na legislação aplicável ao tratamento de dados pessoais, devendo ainda observar as regras de utilização do Serviço, sob pena do www.monicanvicente.com suspender ou desactivar o Serviço nos termos previstos nesta página. O Utilizador expressamente reconhece e aceita que a Rede IP constitui uma rede pública de comunicações electrónicas susceptível de utilização por vários utilizadores, e como tal, sujeitas a sobrecargas informáticas, pelo que o www.monicanvicente.com não garante a prestação do Serviço sem interrupções, perda de informação ou atrasos. O www.monicanvicente.com não garante igualmente a prestação do Serviço em situações de sobrecarga imprevisível dos sistemas em que o mesmo se suporta ou de força maior (situações de natureza extraordinária ou imprevisível, exteriores ao www.monicanvicente.com e que pela mesma não possam ser controladas). Em caso de interrupção da prestação do Serviço por razões de sobrecarga imprevisível dos sistemas em que o mesmo se suporta, o www.monicanvicente.com compromete-se a regularizar o seu funcionamento com a maior brevidade possível. O www.monicanvicente.com não garante que: (i) o Produto/Serviço seja fornecido de forma ininterrupta, seja seguro, sem erros ou funcione de forma infinita; (ii) a qualidade de qualquer conteúdo, produto, serviço, informação ou qualquer outro material comprado ou obtido através do Blog preencha quaisquer expectativa do Utilizador em relação ao mesmo; (iii) qualquer material obtido de qualquer forma através da utilização do Produto/Serviço é utilizado por conta e risco do Utilizador, sendo este o único responsável por qualquer dano causado ao seu sistema e equipamento informático ou por qualquer perda de dados que resultem dessa operação. (iiii) nenhum conselho ou informação, quer oral quer escrita, obtida pelo Utilizador de ou através do Produto/Serviço criará qualquer garantia que não esteja expressa nestas Condições Gerais.
  1. Suspensão ou Desactivação:
Independentemente de qualquer comunicação prévia ou posterior, o www.monicanvicente.com pode, em qualquer altura, e de acordo com o seu critério exclusivo, descontinuar a disponibilização do Serviço ou parte do Serviço a um ou todos os Utilizadores. A suspensão ou a cessação do Serviço pelo www.monicanvicente.com, nos termos dos números anteriores, não importa o direito do Utilizador ou terceiros a qualquer indemnização ou outra compensação, não podendo o www.monicanvicente.com ser responsabilizado ou de alguma forma onerado, por qualquer consequência resultante da suspensão, anulação, cancelamento do Serviço. Sem prejuízo de outras formas de comunicação previstas nas presentes Condições Gerais, as notificações efectuadas ao Utilizador que se relacionem com o Blog incluindo eventuais alterações às presentes Condições Gerais, serão efectuadas para o endereço de correio electrónico do Utilizador. O Utilizador aceita receber toda e qualquer comunicação e/ou notificação relacionada com o Serviço, para o endereço de correio electrónico (“Email”) indicados no processo de subscrição/inscrição. Em qualquer momento, pode solicitar o não recebimento destas comunicações e/ou notificações através de email para o endereço info@monicanvicente.com, ou clicando no link “Unsubscribe”/"Remover" no final dos Emails.
  1. Configurações Técnicas:
Sem prejuízo do disposto no número seguinte, o www.monicanvicente.com poderá alterar o Serviço e/ou as condições técnicas de prestação do mesmo, bem como as respectivas regras de utilização. A versão em cada momento em vigor das presentes Condições Gerais e dos seus anexos encontra-se disponível no sítio eletrónico www.monicanvicente.com. Sempre que o www.monicanvicente.com entenda necessário ou conveniente optimizar a experiência de navegação e/ou melhorar as condições de conectividade, a mesma poderá reformular remotamente as configurações. Sem prejuízo do disposto nos números seguintes, e atento o carácter inovador do Serviço e as evoluções tecnológicas a que poderá estar sujeito, o www.monicanvicente.com poderá alterar as configurações técnicas do mesmo sempre que tal se revele conveniente para o adaptar a eventuais desenvolvimentos tecnológicos. O www.monicanvicente.com não garante no entanto ao Utilizador a realização de quaisquer upgrades ou melhorias no Serviço. Algumas upgrades ou novas funcionalidades do Serviço poderão estar disponíveis apenas contra pagamento do Utilizador e/ou subscrição, pelo mesmo.
  1. Reclamações:
O Utilizador pode submeter quaisquer conflitos contratuais, aos mecanismos de arbitragem e mediação que se encontrem ou venham a ser legalmente constituídos, bem como reclamar junto do www.monicanvicente.com através de email de actos e omissões que violem as disposições legais aplicáveis.
  1. Outros:
Por cortesia aos nossos visitantes, o nosso Site pode fazer ligações para alguns Sites de terceiros, os quais, a nosso ver, podem conter informações úteis. Os Termos e Condições e Política de Privacidade aqui apresentados não se aplicam a estes Sites, por isso, aconselhamos vivamente a consulta dos Termos dos mesmos. O material disposto neste Site, em todos os formatos, é propriedade do www.monicanvicente.com ou de terceiros; a sua utilização é feita com a devida autorização dos seus autores. A utilização não autorizada constitui um crime punível por lei. Se tiver dúvidas ou alguma questão sobre a forma como gerimos a informação, por favor envie-nos um e-mail para infol@monicanvicente.com. Este endereço também é reservado à comunicação de factos que possam, de uma maneira ou outra, infringir alguma das normas explícitas nesta política, bem como comprometer a segurança do Site e o seu normal funcionamento. Equipa Gestão e Manutenção, Gratos pela Atenção!

Versão Actual: 1

Última data de actualização: August 22, 2019

Política de Privacidade

Por favor, leia e aceite os Política de Privacidade para aceder ao site.

Ultima actualização: 10 de Outubro 2018 Oferecemos aos Visitantes do nosso site (www.monicanvicente.com) acesso ao mesmo, sujeito aos seguintes Termos de Utilização, que podem ser actualizados por nós, sem aviso prévio. Ao navegar nas áreas públicas ou ao aceder e usar este site, reconhece que leu, entendeu e concorda em estar legalmente vinculado a estes Termos de Utilização e à nossa Política de Privacidade. Se não concorda com algum destes termos, por favor, não utilize este site. 1. Descrição e uso deste site: Fornecemos aos Visitantes, Subscritores e Utilizadores Registados acesso aos Serviços, conforme descrito abaixo. Visitantes Os visitantes são pessoas que não se registam connosco, mas querem explorar este site. Nenhum login é necessário para os Visitantes. Os Visitantes podem: (i) visualizar todos os conteúdos publicamente disponíveis nos sites; e (ii) enviar-nos e-mails. Subscritores Os Subscritores são aqueles visitantes que se registaram no nosso site para receber alguma das nossas ofertas gratuitas, tal como e-books, etc. Estes têm os mesmo direitos de utilização que os Visitantes e receberão ainda as ofertas que subscreveram. Utilizadores registados Os Utilizadores Registados podem fazer tudo o que os Visitantes e os Subscritores podem fazer, e ainda aceder a conteúdo exclusivo disponível apenas para utilizadores registados. O site www.monicanvicente.com não tem nenhuma obrigação de aceitar qualquer indivíduo como Subscritor ou Utilizador Registado e pode aceitar ou rejeitar qualquer registo a seu exclusivo e completo critério. Além disso, pode desactivar qualquer conta a qualquer momento, incluindo, mas não exclusivamente, se determinar que um Visitante, Subscritor ou Utilizador Registado violou estes Termos de Utilização. 2. Directrizes deste site Ao aceder e/ou usar este site, concorda em cumprir as seguintes directrizes: – Não usará este site para qualquer finalidade ilegal; – Não irá enviar spam ou usar este site para se envolver em qualquer actividade comercial; – Não irá copiar, divulgar ou promover conteúdo exclusivo dos Utilizadores Registados deste site; – Não vai aceder ou usar este site para recolher qualquer pesquisa de mercado para uma empresa concorrente; – Não se fará passar por qualquer pessoa ou entidade ou declarará falsamente ou deturpará sua afiliação a uma pessoa ou entidade 3. Propriedade intelectual Este site contém conteúdo, como vídeos, cursos, fotografias, texto e outros materiais fornecidos pela Monica N Vicente. O Conteúdo é da nossa exclusiva autoria e propriedade. O uso não autorizado do Conteúdo pode violar direitos de autor, marcas registadas e outras leis. Os Visitantes podem visualizar todos os conteúdos publicamente disponíveis para uso pessoal e não comercial. Os Utilizadores Registados que compraram qualquer produto ou serviço podem fazer o download e visualizar qualquer Conteúdo contido em tal produto ou serviço adquirido para seu uso pessoal e não comercial. Nenhum outro uso é permitido sem o consentimento prévio por escrito da Monica N Vicente. O Visitante/Subscritor/Utilizador não pode vender, transferir, ceder, licenciar, sub-licenciar ou modificar o Conteúdo ou reproduzir, exibir, executar publicamente, fazer uma versão derivada, distribuir ou de outra forma usar o Conteúdo de qualquer forma para qualquer fim público ou comercial. O uso ou publicação do Conteúdo em qualquer outro site, página, redes social ou em um ambiente de computador em rede para qualquer finalidade é expressamente proibido. As marcas comerciais, marcas de serviço e logótipos da Monica N Vicente usadas e exibidas neste Site são marcas comerciais registadas ou não registadas ou marcas de serviço da Monica N Vicente. O uso das Marcas Registadas como parte de um link para ou de qualquer site é proibido, a menos que o estabelecimento de tal link seja previamente aprovado por nós por escrito. Os elementos deste site são protegidos por imagem comercial, marca registada, concorrência desleal e outras leis e não podem ser copiados ou imitados no todo ou em parte, por qualquer meio. Nenhum dos Conteúdos pode ser retransmitido sem o nosso consentimento expresso e por escrito para todos os casos. 4. Comunicações connosco Embora encorajemos a enviar-nos e-mails, não queremos que envie nenhum e-mail que contenha informações confidenciais. Com relação a todos os e-mails e comunicações que envia para nós, incluindo, entre outros, comentários, perguntas, sugestões e afins, seremos livres para usar quaisquer ideias, conceitos, know how ou técnicas contidas nas suas comunicações para qualquer fim, incluindo, mas não limitado a, desenvolvimento, produção e marketing de produtos e serviços que incorporem tais informações sem compensação ou atribuição a si. 5. Sites Externos Este site pode conter links para sites de terceiros. Esses links são fornecidos apenas como uma conveniência para o Visitante e não como um endosso por nós do conteúdo desses Sites. O conteúdo desses sites externos é desenvolvido e fornecido por outros. Não nos responsabilizamos pelo conteúdo de quaisquer Sites Externos vinculados e não fazemos nenhuma declaração em relação ao conteúdo ou à exactidão dos materiais em tais Sites Externos. O Visitante deve tomar precauções ao baixar arquivos de todos os sites para proteger o seu computador contra vírus e outros programas nocivos. Se decidir aceder sites externos vinculados, irá fazê-lo por sua conta e risco. 6. Rescisão do Contrato Reservamos o direito, a nosso exclusivo critério, de restringir, suspender ou rescindir este Contrato e o seu acesso a toda ou qualquer parte deste Site, a qualquer momento e por qualquer motivo, sem aviso prévio ou responsabilidade. Reservamos o direito de alterar, suspender ou descontinuar a totalidade ou parte deste site a qualquer momento, sem aviso prévio ou responsabilidade. 7. Envio de conteúdo por E-mail ou SMS Sempre que subscrever uma das nossas ofertas ou programas está consciente que a partir desse momento faz parte de uma lista de contactos para os quais iremos enviar comunicações com uma frequência máxima de 3 por semana. Essas comunicações poderão incluir conteúdo criado por nós, conteúdo criado por terceiros e que seja relevante para o motivo da subscrição, sugestão e aconselhamento para a aquisição de novos produtos e serviços, campanhas promocionais e outros conteúdos que consideremos pertinentes para a nossa lista. Se começou a receber campanhas de email em duplicado é porque em algum momento subscreveu mais do que uma das nossas ofertas e ficou incluído em listas diferentes. Basta remover-se de uma das listas em um dos e-mails e continuará a receber e-mails de apenas uma lista. Se não tem interesse em receber estas comunicações, por favor não subscreva nenhuma das nossas ofertas. 8. Subscrição e envio de oferta Infelizmente nem todas as plataformas de envio de campanhas funcionam a 100%. Por isso, se subscreveu uma determinada oferta e esta nunca chegou ao seu endereço de email, o Subscritor deve considerar que essa situação se deve única e exclusivamente a uma falha do envio de e-mails e que está completamente fora da nossa capacidade de acção. No entanto, estamos completamente disponíveis para resolver essa questão e voltar a enviar a oferta para si directamente, sendo que para isso basta enviar-nos um email para info@monicanvicente.com com o assunto “Nunca cheguei a receber a oferta” e no qual deve especificar a oferta a que se refere.  

Política de Privacidade

Criámos esta política de privacidade porque sabemos que é importante para si ter informações acerca da forma como todos os dados que nos são fornecidos por si são utilizados. Esta Política de Privacidade aplica-se à forma como recolhemos e armazenamos as suas informações a partir deste site. Aceitação de Termos: Ao visitar este site, o Visitante concorda com os termos desta Política de Privacidade e com os Termos de Utilização, ambos os quais regem o uso deste site. Ao fornecer-nos informações offline, o visitante também concorda com os termos desta Política de Privacidade. As informações que recolhemos: No decorrer da operação deste site e/ou interagindo consigo, colectaremos os seguintes tipos de informações. 1. Informações Pessoais. Quando se inscrever para receber qualquer uma das nossas ofertas, inscrever-se num curso ou comprar qualquer produto ou serviço neste site, poderá ser solicitado que nos forneça informações pessoais, como seu nome, endereço, endereço de e-mail e número de telefone. Não serão recolhidas nenhumas informações pessoais dos visitantes deste site a menos que eles forneçam tais informações voluntariamente, tal como registar ou enviar um e-mail ou inscrever-se num formulário para receber uma das nossas ofertas. 2. Informações sobre pedidos. Quando o visitante faz um pedido, deve fornecer-nos algumas informações sobre os produtos e serviços que deseja adquirir. 3. Informações de Facturação. Quando o visitante deseja comprar um produto ou serviço, será necessário fornecer determinadas informações além das Informações Pessoais e Informações do Pedido mencionadas acima. Tais informações podem incluir um número de cartão de débito, número de cartão de crédito, data de validade, endereço de cobrança, códigos de activação e informações semelhantes. Embora tenhamos acesso às Informações de Facturação, elas também serão recolhidas e processadas pelos nossos fornecedores de pagamentos de terceiros de acordo com os termos e condições das suas políticas de privacidade e termos de uso. 4. Outra informação Além das informações mencionadas acima, podemos recolher informações adicionais. Essas outras informações podem incluir: – Informações adicionais sobre o visitante fornecidas voluntariamente por exemplo, por meio de uma pesquisa ou questionário – Análise de terceiros. Usamos serviços de análise de terceiros (como o Google Analytics) para avaliar a sua utilização deste site, compilar relatórios sobre actividades, coleccionar dados demográficos, analisar métricas de desempenho e recolher e avaliar outras informações relacionadas aos sites e ao uso de dispositivos móveis e da Internet. Ao usar este site, o visitante concorda com o processamento de dados sobre si por esses mecanismos de análise da maneira e para os propósitos estabelecidos nesta Política de Privacidade. Para mais informações sobre o Google Analytics, incluindo como desactivar determinados tipos de recolha de dados, visite https://www.google.com/analytics. Tenha em atenção que, se optar por não prestar qualquer serviço, poderá não conseguir utilizar todas as funcionalidades deste site. – De outras fontes. Também podemos recolher ou receber informações de terceiros, como o Facebook e/ou outros sites de social mídia. Acesso e Alteração de Informações Pessoais  Se se registou neste site, poderá aceder, rever e fazer alterações nas suas informações pessoais e outras informações, seguindo as instruções encontradas no site. Além disso, pode gerir a recepção de comunicações de marketing e não transaccionais clicando no link “Remover” localizado na parte inferior de qualquer email que recebe da nossa parte. Como usamos e partilhamos as informações Usamos as Informações Pessoais, as Informações do Pedido, as Informações de Facturação e as Outras Informações para fornecer os nossos serviços; processar pedidos; enviar conteúdos da nossa autoria ou outros que consideraremos relevantes para o motivo da sua subscrição e programas promocionais; para solicitar seu feedback; e para informá-lo sobre nossos produtos e serviços. Os seus dados nunca serão partilhados com terceiros. Alterações a esta política de privacidade Esta Política de Privacidade é efectiva a partir da data indicada no topo desta página. Podemos alterar esta Política de Privacidade de tempos em tempos. Ao aceder a este site ou usar nossos serviços depois de fazermos quaisquer alterações a esta Política de Privacidade, consideraremos que o visitante aceitou tais alterações. Esteja ciente de que, na medida do permitido pela lei aplicável, o nosso uso das Informações é regido pela Política de Privacidade em vigor no momento em que recolhemos as Informações. Por favor, consulte esta Política de Privacidade regularmente. Como entrar em contacto connosco? Se você tiver dúvidas sobre esta Política de Privacidade, entre em contacto connosco pelo e-mail info@monicanvicente.com com “Política de Privacidade” na linha de assunto.   Equipa Gestão e Manutenção, Gratos pela Atenção!

Versão Actual: 1

Tu Necessitas de Marketing Digital

Tu Necessitas de Marketing Digital

Os Negócios evoluíram e, hoje em dia, é urgente teres consciência da importância do Marketing Digital e identificares o teu consumidor.

Vou-te ser sincera… a primeira vez que tive que adaptar o meu negócio de Empreendedorismo e Network Marketing ao novo perfil do Consumidor Digital, ia-me caindo tudo. Era um mundo novo para mim e eu não sabia por onde começar. Se também te sentes assim, está tudo bem.

Não te preocupes! Ninguém nasce ensinado. Neste artigo vais encontrar diversas informações que tenho a certeza que te vão ajudar. Pois o mundo mudou, a tecnologia mudou e quem não acompanhar fica para trás.

Uma coisa era os relacionamentos de negócio que antigamente, no meu tempo de especialista financeira, tínhamos que criar para gerar mais clientes e, consequentemente, mais vendas. No entanto, hoje em dia, isso não chega e a maior parte das vendas são feitas no mundo online, com a Internet como pano de fundo.

Claro que a interacção humana “face-to-face”continua a ser necessária. Mas para que isto aconteça, o teu público necessita de saber quem és e como operas.

E tudo isto faz-se através da entrega de valor e informações importantes que podem revolver as necessidades que os teus clientes desejam.

Criar relacionamentos, atrair novos negócios e desenvolver a identidade de uma marca, tudo isto e muito mais, é feito através do Marketing Digital, que é, nem mais, nem menos, do que um conjunto de ferramentas, que são executadas online, com o objectivo de potencializar resultados.

Atenção: não confundas Marketing Digital com o facto de teres apenas um Website ou Blog, pois a diferença é tão gritante como assustadora. O alcance das ferramentas digitais e as constantes inovações tecnológicas possibilitaram o cruzamento de informações complexas, que revelaram um novo perfil dos consumidores online.

Em qualquer área de actuação, é urgente teres uma estratégia de marketing bem definida e implementada, para que o teu negócio possa crescer e ser promovido das mais variadas formas possíveis.

Isso ocorre porque é a partir dessas estratégias que podes fazer com que mais pessoas conheçam a tua marca e, consequentemente, atrair mais clientes.

Se definires o teu negócio apenas á volta do teu produto/ serviço ou oportunidade, sem recorreres à publicidade online (Marketing Digital), corres o risco de puderes perder todo o teu trabalho e todo o tempo e investimento financeiro que colocaste no teu projecto.

É por isso que precisas sempre pensar numa estratégia de marketing forte e definires bem o teu público alvo. Só assim poderás construir um negócio completo, e não apenas um produto sazonal.

Se ainda não estás convencido e se ainda não ficaste com o bichinho da “urgência”, vê o vídeo que fiz e que mostra os números por detrás do Marketing Digital.

O mercado digital está em constante expansão e veio para ficar.
E se ainda não te actualizaste, pensa nisto a sério!

 

Monica N Vicente

Se gostaste deste artigo tenho a certeza que também vais gostar destes:

– 5 Razões para utilizares o Facebook em Estratégias de Marketing

 

Please follow and like us:
5 Razões para utilizares o Facebook em Estratégias de Marketing

5 Razões para utilizares o Facebook em Estratégias de Marketing

Porque é que tanta gente utiliza o Facebook nas suas estratégias de marketing?

Neste artigo, vou abordar as 5 razões para utilizares o Facebook em Estratégias de Marketing, mas antes disso vamos voltar um pouco atrás no tempo… 5 Razões para utilizares o Facebook em Estratégias de MarketingHá alguns anos atrás, quando Mark Zuckerberg criou este conceito de rede social ele não tinha nenhuma ideia do que esta plataforma iria ser no futuro.
O Facebook literalmente revolucionou a maneira como vemos as redes sociais. Com mais de 2,90 biliões de utilizadores activos no mundo inteiro e 4,81 milhões em Portugal especificamente, é definitivamente a maior plataforma que podes obter se procuras passar a mensagem do teu negócio a muitas pessoas simultaneamente.
  Embora o Facebook seja a principal plataforma dentro das várias redes sociais, este também possui um grande potencial para os empreendedores e empresas. Pois, permite crescer a base de clientes e isso fez com que houvesse um aumento da sua popularidade.
Hoje, quando olhas para o Facebook,  para os seus Grupos e páginas de Fans, espalhados por todo o lado, descobres que todas as marcas já lá estão. E estas marcas não estão apenas lá porque é cool… pelo contrário. Estas marcas estão diariamente activas para todos aqueles que passam mais tempo na Internet do que a olhar para a TV.
E não interessa se gostas ou não gostas, ou se concordas ou não concordas… a tecnologia veio para ficar e, para te ser totalmente sincera, não se interessa nada se tu gostas ou concordas… e estas marcas já estão a mudar a sua abordagem e forma de estar no mercado. Portanto, se também quiseres posicionar-te de uma diferente no mercado, deves considerar esta abordagem.
Se analisarmos tudo isto com atenção, a verdade é que nada mudou… antigamente, era usado a rádio, os jornais e a televisão para fazer marketing… hoje em dia, usamos os áudios, os blogs e o youtube… portanto, nada mudou. Apenas mudaram os locais e as plataformas de publicidade.
5 Razões para utilizares o Facebook em Estratégias de MarketingO Facebook fornece a melhor solução possível neste cenário. No entanto, não são apenas as grandes marcas que fazem uso total do poder das redes sociais e, principalmente, do Facebook. Os pequenos empreendedores e as pequenas empresas podem também beneficiar muito se utilizarem os vários recursos que o Facebook tem para oferecer. Penso que agora, já não há dúvidas que necessitas do Facebook para elevar o teu negócio até ao próximo nível. No entanto, necessitas entender algumas das principais razões para utilizares o Facebook em Estratégias de Marketing

Neste artigo, vou abordar 5 dessas razões, que são:

– Conteúdo – Vídeos – Páginas de Facebook – Audiência –  Publicidade Paga 5 Razões para utilizares o Facebook em Estratégias de Marketing

Conteúdo:

Antes de mais deves saber que o Facebook embora seja uma plataforma de marketing muito potente, que pode ser usada de variadas maneiras, é através do conteúdo que a magia realmente acontece. Há um tempo atrás, um cliente meu de Digital Coaching, perguntou-me se eu achava que a audiência dele estava no Facebook. Ao que lhe respondi que seria muito difícil, que no meio de tanta gente, a audiência dele não estar no Facebook. E se tu estás a ler este artigo e a pensar, se a tua audiência também habita nesta rede social, posso dizer-te com toda a certeza que a tua audiência tem 100% de chances de circular por lá. No entanto, de nada serve fazeres usares esta rede social que não desenvolveres uma habilidade extremamente importante: usar a comunicação ideal para que a tua audiência se identifique contigo… ah pois, é… é aqui que a “porca torce o rabo”… porque nem todas as pessoas estão a tomar e devida atenção, a investir e a perder um certo tempo a desenvolver esta arte. Se não investires nesta arte, podes simplesmente não levantar voo e passar meses, ou mesmo anos, a fazer apenas o que os outros fazem, a publicar sem método, sem arte e sem teres uma estratégia definida… e depois de algum tempo, vou ouvir-te dizer que fazer marketing não funciona, ou que o teu negócio não dá lucro, ou que não tens sorte… Portanto, pensa em grande e aprende esta técnica tão interessante que pode, sem dúvida alguma, elevar o teu negócio até ao próximo nível.

5 Razões para utilizares o Facebook em Estratégias de MarketingVídeos:

Existem muitas oportunidades de atraíres a tua audiência organicamente, graças aos vídeos. Como já referi, o Facebook é uma plataforma negocial, um negócio, e como tal tem interesses comerciais por trás… e, por isso mesmo, é obcecado por vídeos. Porquê? Porque os vídeos trazem mais audiência e criam mais relacionamento e isso é bom para o Facebook. Se ainda não estás convencido(a), considera estes dados: mais de 8 biliões de vídeos ou 100 milhões de horas de vídeos são assistidos no Facebook todos os dias. Estes números estatísticos foram divulgados no início de 2016… agora imagina o quanto os números são maiores hoje em dia, já que o Facebook continuou a crescer e dobrar os vídeos.

5 Razões para utilizares o Facebook em Estratégias de Marketing Páginas de Facebook:

Antigamente pensava-se que bastava ter apenas um website, mas hoje em dia as pessoas querem também saber quem tu és e como te posicionas no mercado. E isso só é possível através de uma pagina de Facebook. Possivelmente, agora estaria as pensar: mas não posso utilizar a conta do meu perfil? Poder podes, mas um perfil não tem, nem de perto, nem de longe, as mesmas funcionalidades que uma página, tais como a segmentação do teu público alvo, criares uma audiência, publicidade, afirmares-te como marca, etc. O que é chocante é que tenho visto muitos empreendedores ainda sem página de Facebook. E se tu és uma dessas pessoas, deixa-me dizer-te o seguinte: a partir do momento que uma página é divulgada, mais pessoas passam a ter acesso à informação que a mesma disponibiliza.

5 Razões para utilizares o Facebook em Estratégias de MarketingAudiência:

Esta é uma das razões mais importante, pelas quais deves usar o Facebook em estratégias de Marketing. Partindo do principio que já tens uma página de Facebook, tens mesmo que criar a tua audiência através do teu conteúdo (como já expliquei anteriormente) e, desta forma, fazer com que o algoritmo do Facebook comece a trabalhar a teu favor. Vejo tanta mas tantas páginas e até perfis de pessoas que colocam simplesmente uma publicação do seu produto, serviço ou mesmo oportunidade e, muitas vezes, com o preço à frente… e esperam que, por algum milagre, haja alguém que compre… estas pessoas praticam, no meu ver, “marketing de esperança”… ou seja, laçam o isco e espera que, por um mero acaso, alguém caia… E, por favor, não me interpretes mal… eu não estou a dizer que não deves colocar o teu produto à venda, mas antes disso deves informar-te o que os teus possíveis clientes, que já consomem produtos, serviços ou oportunidades semelhantes às tuas, desejam. Isto é, qual a informação que eles se interessam mais, dar valor e só depois apresentares o que tens para oferecer. Há tantos utilizadores, nesta plataforma, que muitos, em vez de utilizarem de forma correta, simplesmente disparam informações sobre os seus produtos, serviços ou oportunidades para toda a gente na esperança de conseguir alcançar alguém.

5 Razões para utilizares o Facebook em Estratégias de Marketing Publicidade Paga:

Porque é que tens que pagar publicidade no Facebook? Primeiro porque toda a publicidade sempre foi paga e o Facebook, sendo este uma plataforma comercial, não é excepção. Antes de 2016, quando publicavas algo no Facebook, o mesmo espalhava a tua mensagem de uma forma mais abrangente, mas a partir de 2017, se não tens o costume de pagar publicidade, tenho a certeza que notaste que começaste a ter menos ‘gostos’ e ‘comentários’ nas tuas publicações… se isto também te acontece, não te assustes, pois não há nada de errado nas tua publicações (pelo menos, é o que espero)… Isto acontece porque o Facebook, resolver mudar o algoritmo e, como tal, decidiu mostrar a atrair menos audiência a quem não paga publicidade. E não há nada de mal nisto. Como referi, o Facebook é uma plataforma comercial e, como tal, obtém o lucro do seu negócio através dos anúncios que vende. Monica N Vicente
Se gostaste deste artigo tenho a certeza que também vais gostar destes:
– Tu Necessitas de Marketing Digital  
Please follow and like us:
5 Razões pelas quais os clientes dizem “Não”

5 Razões pelas quais os clientes dizem “Não”

Conseguires ou não efectuar uma venda a um ou mais clientes, pode ditar o fracasso ou o sucesso do teu negócio e, se és empreendedor, é fundamental tornares-te exímio nesta arte.

Há várias pessoas que me dizem que têm dificuldade em vender os seus produtos, serviços e oportunidades aos seus clientes, ou que gostariam de ter um maior conhecimento sobre técnicas de venda.

Mas antes de saberes por onde deves começar, é necessário entenderes quais as 5 razões principais pelos quais os teus clientes dizem que “não”.

E quando souberes isto, é mais fácil desenvolveres as competências certas e diminuíres a resistência ao longo do tempo, para dares a volta à questão e obteres o teu tão merecido sucesso, quer tenhas um pequeno negócio, quer sejas um empreendedor das mais diversas áreas ou sejas um profissional de Network Marketing.

Neste vídeo vou apresentar-te estas ‘5 Razões pelas quais os teus clientes dizem NÃO’:

  1. Dinheiro
  2. Tempo
  3. Necessidade
  4. Urgência
  5. Confiança

Após veres este vídeo, vais ficar a saber o porquê destas 5 Razões poderem estar a reter o sucesso do teu negócio e, mais importante, ainda como podes resolver cada uma delas.

Se seguires as minhas indicações, tenho a certeza que o teu negócio vai melhorar substancialmente e os teus concorrentes vão ficar mortinhos para saber o segredo do aumento dos teus resultados.

E, mais importante ainda, a realização que vais sentir, não tem preço 😊

Estas técnicas que aqui te falei, são todas aquelas que tenho aplicado ao longo do tempo e que me têm trazido grandes benefícios e resultados extraordinários.

Monica N Vicente

Se gostaste deste artigo tenho a certeza que também vais gostar destes:

– 7 Lições de Vida Positivas que Aprendi com Jim Rohn
– Os 7 Maiores Desafios que os Novos Empreendedores Enfrentam

 

Please follow and like us:
O que te torna imparável?

O que te torna imparável?

O que te torna imparável?És imparável?

Ou já conheceste alguém que consegue ser bem-sucedido em quase todas as áreas? Aquela ou aquelas pessoas que façam o que fizerem, parecem imparáveis e o sucesso parece que lhes bate à porta e são praticamente imparáveis… eu já.

Foi há 5 anos para cá, quando morava na Escócia, que comecei a prestar mais atenção a este assunto e não descansei enquanto não percebi o porquê de alguns terem “tanta facilidade”, serem imparáveis e bem-sucedidos e outros não.

Esta minha curiosidade despertou quando uma criança, que não devia ter mais de 9 anos de idade, se aproximou de mim e me deu a definição de sucesso: “… é só colocares um pé à frente do outro…”.

A partir daqui foram anos de pesquisas, cursos, estudos e noites mal dormidas a tentar descobrir a chave por detrás do desejo de muitos.

O que te torna imparável?
E o porquê de alguém tornar-se imparável devesse principalmente a 3 principais factores:

1. Ter um processo
2. Concentração/ foco
3. Esforço/ Obsessão


Vou explicar cada uma delas com um exemplo verídico:
A história de duas equipas de exploradores que em 1911 planearam chegar ao Pólo Sul.

O Processo:

Uma das equipas era liderado por Robert Falcon Scott, britânico, e Roald Amundsen, Norueguês.

Ambas as equipas tinham o mesmo equipamento e o nível de experiência similar, de forma a que nem o clima, nem a sabedoria fossem factores que colocassem em causa a competição.

Concentração/ Foco:

No entanto, a equipa de Robert Falcon Scott tinham o triplo do número de elementos, o dobro do orçamento e um maior número de recursos, tais Robert Falcon Scottcomo cães, trenós a motor, póneis siberianos e esquis.

A equipa de Roald Amundsen, dependia apenas de um método de transporte: os cães.

No entanto, independentemente das condições atmosféricas (chuva, neve, vento) e do cansaço dos elementos da equipa, a mesma caminhava sempre cerca de 32 km, por dia, durante todos os dias. Ou seja, eram imparáveis, consistentes e mantinham a concentração e foco relativamente ao plano de acção.

A equipa de Robert Falcon Scott, ao contrário, andavam apenas quando as condições atmosféricas eram mais favoráveis e quando tinham mais energia. E nessas alturas conseguiam percorrer cerca de 64 km a 96 km. Ou seja, eram inconsistentes.

Esforço/ Obsessão:

Roald Amundsen, usou uma metodologia única que o ajudou a cumprir o processo para chegar ao Pólo Sul em menos tempo e com extrema precisão. Ele preferiu caminhar menos horas por dia, salvaguardando o bem-estar da sua equipa e dos cães, ao mesmo tempo que usava a precisão do método de trabalho de forma obsessiva.

Roald Amundsen
E assim, Roald Amundsen ganhou a corrida até ao Pólo Sul.

E esta é a maneira que todos nós podemos utilizar para nos tornarmos imparáveis independentemente das nossas condições.

O facto é que não importa qual a tua profissão ou a escada do sucesso profissional em que te encontras.

Se quiseres chegar ao teu “Pólo Sul”, se quiseres ser imparável, necessitas das mesmas ferramentas mentais que Roald Amundsen utilizou: ter um processo, estares focado e obcecado com a realização do teu objectivo.

Monica N Vicente

Se gostaste deste artigo tenho a certeza que também vais gostar destes:

– Os 7 Maiores Desafios que os Novos Empreendedores Enfrentam
– 7 Lições de Vida Positivas que Aprendi com Jim Rohn
– O Mito da Gestão de Tempo

 

Please follow and like us:
Os 7 Maiores Desafios que os Novos Empreendedores Enfrentam

Os 7 Maiores Desafios que os Novos Empreendedores Enfrentam

Os 7 Maiores Desafios que os Novos Empreendedores Enfrentam

Desafios!

Pois é, aqui está um tópico que, desde a altura em que trabalhei na Indústria Financeira, vi acontecer todos dias. E não dava para disfarçar. Estava presente em todos aqueles que decidiam, ou pensavam decidir, iniciar uma carreira no mundo do empreendedorismo. Na altura, não pensava nisto a sério. Embora o empreendedorismo fosse um sonho de infância, ainda não me tinha decidido seriamente a fazê-lo e, como tal, não dei muita atenção a este assunto. Só anos mais tarde, quando iniciei a minha jornada, é que percebi, na prática, o quanto é necessário estar preparado para iniciar uma jornada empreendedora. E foi assim que surgiu a ideia deste artigo. Como eu desejo que estejas bem preparado/a, vou dar-te a conhecer alguns dos maiores desafios que, qualquer pessoa empreendedora enfrenta, independentemente de estar a começar agora ou não. Todos os empreendedores experientes têm que lidar com isso. Sim! Todos mesmo! Este não é um tópico que atinge apenas os menos experientes. Nada disso! E todos nós estamos sujeitos a estes desafios, não importa há quanto tempo estejamos a exercer o nosso negócio.

Por exemplo, tentar estabelecer uma marca, ajustarmos-nos para igualarmos ou superarmos a concorrência e manter qualquer negócio lucrativo, é um desafio, por si só.

Mas para aqueles que neste momento, estão a começar, ou seja, para os novos e jovens empreendedores, há alguns desafios únicos que são especialmente difíceis de superar. Se estás a entrar no jogo ou a pensar em te tornares um empreendedor, é de extrema importância que estejas preparado para esses oito obstáculos significativos.

Caso contrário, podia-se dar o caso de te desmotivares facilmente e, se assim fosse, a tua carreira de empreendedor podia estar comprometida. O que não seria nada bom… até porque, a carreira de empreendedor é mesmo, muito, muito fascinante.

Como eu não quero que isso aconteça, vou deixar-te aqui com algumas dicas dos desafios que vais encontrar pelo caminho. Abandonar uma carreira

  1. Abandonar uma carreira

Eu sei que não vais gostar de ouvir isto (ou se calhar até vais), mas se te vais dedicar a começar e estimular um negócio para o sucesso, será quase impossível gerir simultaneamente outra carreira. Eu sei que muitas vezes ouves o contrário, acerca deste desafio, mas repara: tu até podes gerir muito bem a “infância” do teu novo projecto, lado a lado com a tua carreira actual, durante a semana e os fins de semana, mas se quiseres que o teu novo projecto tenha uma hipótese significativa de crescer, invariavelmente terás que abandonar a tua outra carreira, ou então, poderás sempre arranjar alguém que te possa substituir (caso a tua carreira actual também seja um projecto teu). Sim, eu sei! Afastares-te de uma carreira actual, que até pode ser muito promissora, para abraçares algo imprevisível, é simplesmente assustador – especialmente se nunca administraste nenhum um negócio anterior. Mas infelizmente, não há nenhuma maneira fácil de resolver isso, nem nenhuma magia associada. Eu ainda me lembro quando abandonei a minha carreira na Indústria Financeira. Já lá trabalhava há cerca de 15 anos e, posso adiantar-te, que deixei bons amigos e antigos colegas com quem adorava estar, mas tinha que decidir o que queria, o que queria fazer e onde queria chegar. O que mais me ajudou, neste processo, foi saber exactamente o “porquê” de estar a tomar esta decisão. Eu queria ser livre, dona do meu tempo, dar uma melhor vida à minha família e, de forma alguma, queria que a minha carreira estivesse à mercê da boa vontade de terceiros. E tudo isto, manteve-me fiel ao meu propósito, ao meu sonho. Então, quando pensares dar este passo, a melhor forma de o fazer, quando iniciares a tua jornada, é pensares na tua decisão de maneira lógica, analisando o teu “porquê”, o teu “quê” e o teu “como” – depois, descobre os aliados necessários para iniciares e desenvolveres o teu projecto. Financiamento

  1. Financiamento

Nesta parte e, tendo em conta toda a minha experiência financeira, posso garantir-te que, regra geral, os empreendedores mais experientes têm algumas vantagens sobre os recém-chegados.

Porquê? Tem um historial financeiro, podem ter também algum pool de capital de um negócio que possam ter vendido anteriormente ou um fluxo constante de receita que podem usar para financiar o fluxo de caixa de um novo negócio. Agora, poderás estar a pensar: “mas alguns recém-chegados, também podem ter acesso ao capital necessário”. Sim, é verdade. Alguns! Aqui podemos dizer que a “excepção confirma a regra” … pois, é maior o número daqueles que não têm do que aqueles que têm. No entanto, há sempre soluções! Aqui, novamente, o importante é nunca perderes o teu “porquê” e, depois, a tua “intenção”, ou seja, o teu “quê”. A partir daqui deverás focar-te nas tuas tarefas, uma a uma, até chegares aos resultados que desejas e mereces. Teambuilding

  1. Teambuilding

Este é, provavelmente, um dos desafios mais difíceis, ou talvez, aquele a que só é dado importância quando pensamos que necessitamos dela. No entanto, é um dos desafios mais significativos e é aqui que temos que, na minha opinião, juntar todas as nossas competências, e aprender a ser gestores, consultores, mentores e coaches.

Lembra-te que uma equipa unida é aquela que vai mais longe, pois trabalha com as melhores competências de cada um dos elementos.

Ser o visionário

  1. Ser o visionário

Este desafio conta com a tua criatividade. Como fundador do teu projecto, espera-se que tenhas ideias para quando um concorrente surgir no teu caminho, será da tua responsabilidade apresentares um plano de resposta; quando a tua equipa atingir um obstáculo impenetrável, o teu trabalho será apresentar um plano alternativo para seguir em frente. Sim, isto exige um pensamento criativo, exige treino e experiência.

Uma das coisas que fiz, quando senti esta dificuldade e quando estava numa altura em que parecia que todas as ideias criativas tinham ido de férias, dediquei-me à leitura, li várias biografias e livros técnicos e ouvi audiobooks sobre os assuntos que andava à procura. E, como tudo o que se procura, encontra-se… eu também encontrei!

Hoje sou eu que ajudo outras pessoas a desenvolverem essa prática. Então, se estás na fase deste desafio, faz isso: lê livros, ouve audiobooks e até, porque não, contrata um Mentor que já tenha chegado onde tu também ambicionas chegar. Lidando com o desconhecido

  1. Lidando com o desconhecido

Aposto que algumas das seguintes questões já te passaram pela cabeça. E não faz mal. Acredita que não és o único. Eu própria tive alturas em que me moía com estas dúvidas, depois percebi que, as mesmas, não eram mais do que desafios que tinha que superar. E assim, o fiz! Algumas das “dúvidas”, ou dos desafios (como lhes prefiro chamar) que me estava a referir, são perguntas como:

  • Será que o meu negócio vai conseguir sobreviver por muitos anos?
  • Quão lucrativo poderá vir a ser?
  • Os clientes irão gostar do meu produto?
  • Vou ser capaz de tirar o valor de vencimento que sempre quis?

Agora, quero que saibas que nenhuma dessas perguntas tem uma resposta sólida e confiável, mesmo em startups baseadas em grandes ideias com todos os recursos que elas teoricamente precisariam. Eu sei que este factor desconhecido significa que muitos dos teus planos de longo prazo permanecerão em fluxo à medida que novos desenvolvimentos possam surgir.

Lidar com essa volatilidade é uma das partes mais difíceis de emergir como um novo empreendedor.

Como é que eu conseguir lidar com todas estas dúvidas? Admito que não foi fácil, mas fui lidando com elas uma-a-uma… “uma coisa de cada vez”, como dizia um dos meus mentores. Solidão

  1. Solidão

É um desafio raramente mencionado de empreendedorismo, e muitos novos empresários não estão preparados para isso até que isso aconteça. Ser um empreendedor é ser, muitas vezes, solitário. É uma posição singular, onde terás colegas de equipa para confiar algumas das tarefas e outras vezes, não… tudo depende do tipo de negócio que escolheres.

Por isso, é deveras importante que nunca coloques de lado a tua vida social. Mas, o melhor de tudo, é conseguires fazer parte de um PEER GROUP onde poderás compartilhar os teus sucessos e pedir opiniões e, muitas vezes, conselhos (porque não?!).

Tomada de decisão

  1. Tomada de decisão

Acredite ou não, este é provavelmente o desafio mais stressante nesta lista.

Todos os novos empreendedores são forçados a tomar centenas de decisões por dia, desde grandes decisões até pequenas decisões que afectam o dia-a-dia.  E, por isso, este é um desafio que gera uma fadiga, muitas vezes, desmotivadora.

Mas se conseguires superar todos estes grandes desafios, estarás no caminho certo para te estabeleceres como empreendedor. E, se outros já conseguiram ultrapassá-los, tu também consegues. Não tenho dúvida alguma. Com o passar dos anos, outros novos desafios vão surgir, para tomar do lugar dos primeiros. E é normal que assim seja, mas nessa altura já estarás preparado/a para lidar com os mais voláteis e impactantes primeiros meses – e isto coloca-te muito à frente da concorrência.

 

Monica N Vicente

Please follow and like us:
7 Lições de Vida Positivas que Aprendi com Jim Rohn

7 Lições de Vida Positivas que Aprendi com Jim Rohn

7 Lições de Vida Positivas que Aprendi com Jim Rohn

Devo-te dizer que antes de conhecer o trabalho de Jim Rohn, não fazia nem ideia de como o mesmo me ajudar a ver a vida com outros olhos.

Depois de conhecer estas 7 Lições de Vida Positivas, coloquei-as em prática e tudo mudou.

Quando comecei a acompanhar o seu trabalho, resolvi colocar em prática tudo o que ele ensinava.

Naquela altura pensei, “o que é que tenho a perder?”“Nada”, responderam os meus pensamentos… e assim, foi… arregacei as mangas e coloquei mãos à obra.

E hoje, vou contar-te um pouco daquilo que aprendi. Mas quero que me prometas uma coisa: quero que dês uma chance a ti próprio(a) e coloca tudo em prática.

Então, vamos lá.

Uma das melhores maneiras de melhorares a tua vida de uma maneira mais eficaz é encontrar um mentor, aprender com todos os seus ensinamentos e depois agir. Dessa forma, não precisas inventar a roda e, assim, vais evitar alguns erros e poupar tempo (já agora… já te tinha dito que sou obcecada com a ideia de perder tempo? Se ainda não te tinha dito, agora já ficaste a saber 😊). Para além disto, um bom mentor pode inspirar-te a agir e a ir mais longe.

Uma vantagem, nos dias de hoje, é que, podemos encontrar essa inspiração em vários livros, vídeos ou áudios.

No entanto, se necessitares que alguém te ensine todo o processo e te aponte o caminho certo, então, terás mesmo que contratar um mentor. Caso contrário, vais passar anos (ou mesmo a vida toda) a tentar descobrir algo que alguém facilmente te pode apontar o caminho.

Mas afinal, quem foi Jim Rohn?

Este senhor foi, nem mais, nem menos, que um dos maiores e melhores filósofos da área do empreendedorismo e empresarial dos EUA. Para além disso, foi igualmente um dos maiores defensores do modelo de Network Marketing.

Aprender com ele é uma verdadeira dádiva e muito gratificante, independentemente do teu objectivo ou do que queiras fazer.

Neste artigo, vou deixar-te as 7 grandes lições de vida que aprendi com Jim Rohn e que me permitiram levar a minha vida a outro nível – e tenho certeza de tudo isto também te pode ajudar a ti.

7 Lições de Vida Positivas que Aprendi com Jim Rohn1.Tudo começa contigo

“Para que tudo mude, para que a tua vida mude para melhor, tu tens que ser o primeiro a mudar” – Jim Rohn

Independentemente do estado da economia do país onde resides, independentemente de vires de uma família desordenada, da corrupção da classe política, ou qualquer outra coisa que consideres ser a razão de ainda não teres alcançado o que ambicionas… acredita, nada disso conta muito …

A história está cheia de exemplos de pessoas que venceram independentemente das adversidades em que se encontravam. E isto é a mais pura verdade!

Afinal, repara: se nem os aviões controlam a gravidade e, mesmo assim, não deixam de voar (independentemente de alguns caírem, aqui e ali…), então, também, não há razão alguma para deixares de voar. Concentra-te apenas em ti e no que podes fazer.

O que aprendi com Jim Rohn é que eu sou a única responsável pela minha vida. Por exemplo, posso melhorar a situação financeira se aprender novas competências e habilidades, tal como posso correr uma maratona se treinar todos os dias e aplicar a técnica certa.

Então, a pergunta que te deixo aqui é: Que mudanças estás disposto(a) a fazer?

7 Lições de Vida Positivas que Aprendi com Jim Rohn

2. Nunca deixes de estudar/ de aprender

“A educação do sistema educativo, fará com que vivas; a auto-educação poderá fazer com que faças uma fortuna” – Jim Rohn

Então, qual delas preferes?

Sempre que paras de aprender, cais numa piscina de mediocridade. Começas a perder competências e entras num looping que te leva até ao fundo da piscina.

Por exemplo, não foi o meu curso superior ou o MBA que me trouxe até aqui, mas sim o facto de estar constantemente a aprender novas competências, de colocar em prática, aprender com os erros, fazer de novo e aprender novas formas de fazer e de evoluir…

Não quero de todo que me entendas mal, pois não há problema algum em ter uma educação formal. Eu própria tenho (como já leste no paragrafo anterior), mas não é o grau académico que vai fazer com que descubras novos mundos e faças a aquela fortuna que sempre ambicionaste e que te iria permitir colocar os teus filhos em escolas melhores, cuidares da tua família, viajar pelo mundo, ter aquele carro e casa que sempre sonhaste… etc.

Fiz-me entender? O que aprendi com Jim Rohn é que não importa onde estamos, neste momento, mas onde queremos chegar.

Então, se quiseres seguir em frente neste mundo em rápida evolução, faz cursos de auto-desenvolvimento, lê livros motivacionais, contrata um coach ou um mentor, aprende algumas habilidades essenciais para conseguires trabalhar com a Internet e começa a pensar como um empreendedor (mesmo que ainda não tenhas o teu próprio negócio).

A aprendizagem é o oxigénio para o teu sucesso.

7 Lições de Vida Positivas que Aprendi com Jim Rohn3. Pára de procrastinar

“O que é fácil de fazer, também é fácil não fazer” – Jim Rohn

Um dia, quando trabalhava na Indústria Financeira, um diretor meu disse exatamente esta frase num dos briefings matinais e quando voltei a ver esta frase escrita num dos livros de Jim Rohn, lembrei-me imediatamente do sentido da mesma.

Por vezes, deixamo-nos levar pelo medo do desconhecido para adiar uma ou mais tarefas. Adiamos até poder, não é verdade?!

Quando trabalhamos para outros, estamos mais condicionados, porque quer queiramos, quer não, temos de cumprir ordens e, como tal, não há muita margem de manobra para procrastinarmos interminavelmente.

No entanto, quando trabalhamos por conta própria e sozinhos, a procrastinação pode levar-nos à banca rota num ápice e o nosso sonho pode até nem chegar a levantar voo.

Mas isto não quer dizer que tenhas que fazer tudo ao mesmo tempo. Quando fizeres a tua lista de tarefas, escolhe aquela que é mais produtiva e faz uma coisa de cada vez. Caso contrário, poderás te sentir sobrecarregado.

Por exemplo, quando aprendeste a andar, não aprendeste apenas porque ficaste a olhar para os outros… observaste, imitaste e aprendeste… e este é o mesmo processo que tens de seguir e fazer quando começas algo de novo.

É fácil dizer que sou muito velho ou muito novo para começar um negócio. É fácil dizer que não tenho tempo para praticar desporto.

Lembra-te: “o que é fácil de fazer também é fácil de não fazer”.

Por isso, pára de procrastinar! Dá o teu primeiro passo … depois o segundo … o terceiro … e depois continua…

7 Lições de Vida Positivas que Aprendi com Jim Rohn 4. Mente sã em corpo são

“Toma conta do teu corpo. É o único lugar onde podes viver” – Jim Rohn

Jim Rohn também é um sério defensor desta frase.

Em todos os seus seminários e conferências, fazia questão de mencionar que para aproveitar a vida e o sucesso, todos nós temos que nos sentir bem no nosso corpo e, como tal, devemos fazer de tudo para estarmos em forma.

E não é só ele que defende esta frase. Esta é uma famosa frase latina que tem originado muitos seguidores.

Este ditado popular da época romana está a ganhar cada vez mais força e sentido do que nunca. Novas pesquisas abordaram estas questões concluindo que a duração e a intensidade da actividade física podem, e muito, melhorar a nossa agilidade cognitiva.

E eu falo por mim. Desde que me “obriguei” (sim, porque no inicio custa um pouco a ganhar o hábito… 😉) a fazer exercício físico 3 a 5 vezes, por semana, a minha criatividade ganhou um despertar.

7 Lições de Vida Positivas que Aprendi com Jim Rohn5. Trabalha a tua Mente

“Trabalha primeiro em ti e depois no teu negócio” – Jim Rohn

Inicialmente, devo confessar-te, que esta afirmação era um pouco confusa para mim.

Mas depois de comecei a trabalhar a minha filosofia, a minha visão, o meu porquê, tudo começou a fazer sentido e a estrada que tinha que caminhar ficou bem mais nítida.

A partir daí foi muito mais fácil desenhar um plano e saber quais as competências que tinha que desenvolver, para começar a fazer as pequenas mudanças pessoais que iam dar origem a grandes mudanças profissionais.

A minha visão do mundo, a minha atitude foi determinante na minha carreira, bem como na minha vida. Nunca nenhum programa escolar tinha-me ensinado estas competências. Foi só quando comecei a dar importância ao mundo do desenvolvimento pessoal, que todo este caminho se abriu.

Assim, o melhor conselho que te posso dar, é exactamente igual ao caminho que fiz:
– Lê livros, ouve áudios, assiste a palestras, presencialmente ou mesmo online, inscreve-te em formações e, por favor, arranja um coach e um mentor.

7 Lições de Vida Positivas que Aprendi com Jim Rohn
6. Expressa os teus sentimentos, sê espontâneo(a).

“A comunicação eficaz, corresponde apenas a 20% do que sabemos e 80% do que sentimos que sabemos” – Jim Rohn

Esta é a mais pura verdade. Mesmo que não te consideres um bom palestrante, se falares com entusiasmo, se partilhares a tua visão, que é no meu entender o mais profundo dos sentimentos, irás conquistar o teu público.

Lembras-te do discurso de Martin Luther King?… “Eu tenho um sonho! Eu tenho um sonho que meus quatro filhos um dia viverão numa nação onde não serão julgados pela cor da sua pele, mas pelo conteúdo do seu carácter” – É isto!

Não foram só as palavras que ele proferiu que fez dele um excelente comunicador e, por consequência, um líder…, mas sim, a expressão dos seus sentimentos e da sua visão.

Portanto, expressa os teus sentimentos e terás sempre pessoas a querer-te ouvir.

7. Cria os hábitos necessários

“A motivação ajuda-te a começar. O hábito faz com que continues em frente” -Jim Rohn

O sucesso é feito de uma seleção de bons hábitos, efetuados diariamente.
E a ação diária que é o segredo do sucesso.

Um bom hábito que aprendi com Jim Rohn é começar o meu dia de trabalho sempre com a tarefa mais difícil daquele dia. Assim que a termino, sinto que o dia já foi produtivo… e, possivelmente, o dia ainda vai a meio… e tudo fica mais fácil.

Então, cria hábitos que possam melhorar a tua vida. Faz uma lista de tarefas ou dedica meia hora, por dia (de preferência logo pela manhã) para te concentrares nos pensamentos ou praticar um pouco de desporto (pelo menos, 3 vezes por semana).

DICA: Começa com apenas um hábito de cada vez e, quando o dominares, passa ao seguinte e segue em frente.

Agora que acabaste de ler algumas das lições de vida de Jim Rohn, que podem melhorar drasticamente a tua vida, a coisa mais importante a fazer agora é AGIR.

Se aprender é o oxigénio do teu sucesso, agir é a corrente sanguínea.

E agora, vamos ao trabalho: pára de inventar desculpas, aprende novas competências e habilidades, crie e treina um novo hábito… e, quando deres por isso, estás no caminho certo para o teu sucesso.

Monica N Vicente

Please follow and like us:
error

Enjoy this blog? Please spread the word :)